2019-06-27
Citizen Developers não são uma ameaça, mas uma ferramenta de auxílio.

Tornou-se nítido que estamos perante uma geração de citizen development, na verdade existem muitos programadores que acham que estes possam ser uma ameaça para o seu trabalho. Posto isto os citizen developers estão a tentar conquistar o seu próprio espaço. 

Podemos calcular a preocupação dos programadores, que revelam alguma cautela neste movimento de que “qualquer pessoa consegue desenvolver uma aplicação”. Mas ao contrário das expectativas, os citizen developers não estão a tentar substituir os programadores, mas sim auxiliá-los.

Esta necessidade de apoio tem uma razão. A indústria tecnológica modifica-se demasiado rápido, o que hoje é atual, amanhã pode já não ser e por isto, o programador carrega o peso da transformação digital da empresa, ficando com a pressão para se manter ágil e reduzir o tempo de comercialização.

Vamos imaginar um citizen developer fictício, que não é um novo contratado, mas sim o responsável por um departamento. O desenvolvimento no code é a arma que este colaborador escolheu, pois é a partir deste tipo de plataforma que vai poder desenvolver soluções, benéficas não só para ele, como para o seu departamento e assim diminuir a pressão dada ao programador. 

Essencialmente estão a criar aplicações que respondem às necessidades do negócio. Podendo diminuir a carga sobre os backlogs do departamento de TI, para que os programadores possam lidar com projetos maiores e mais complexos. 

Com isto pretende-se dizer que a codificação não desapareceu e que os programadores não vão ficar desempregados, apenas que a procura de software é explosiva e precisamos de opções. 

Realmente, se o programador se unir ao citizen developer, abrem um novo mundo de possibilidades. O ponto fulcral neste tema é a simplicidade de uso das plataformas no code, que como a Masterlink permitem que o produto se desenvolva em conjunto com os clientes. 

Neste caso os clientes podem fornecer feedback diretamente, porque estão mais capacitados para entender os mecanismos por de trás do seu projeto. Portanto o no code é na verdade, uma ferramenta de comunicação que une o cliente ao desenvolvimento. Este desenvolvimento poderia demorar meses, mas vai-lhe custar apenas umas horas de trabalho.

Ganhar aliados nesta Era da transformação digital, pode ser uma vantagem na sua evolução e na da sua organização. Este é um facto histórico na inovação tecnológica.  


Quero ser contactado
Siga-nos!
Masterlink